Menu

INTEGRANDO DIVERSAS TECNOLOGIAS AO SEU PROJETO

Certificação de rede

 Contando com um dos Certificadores de rede mais modernos do mercado, o LANTEK II da IDEAL INDUSTRIES, a INFRATECH IP proporciona a Certificação de rede lógica (LAN) ou cabeamento industrial (PROFINET, PROFIBUS) de cabeamentos de rede novos ou já existentes.

O teste é feito em todos os pontos da rede, respeitando o tipo e a categoria do cabo (Cat. 5, 5e, 6, 6a, PROFINET) eliminando assim qualquer falha na infraestrutura da rede.

Após os testes, é elaborada uma documentação de cada ponto em arquivo PDF, que atesta a qualidade do cabeamento lógico (LAN) ou industrial (PROFINET, PROFIBUS).

Segundo a ANSI/EIA/TIA, é um teste obrigatório e fundamental para entregar uma rede de alta performance.

Realizamos também certificação de redes montada por terceiros, e atuamos em parceria com diversos agentes que necessitam certificar redes de terceiros.

 

Entenda os parâmetros do certificador:

Mapa de Fios

Usado para localizar fios em curto, abertos ou incorretamente terminados. O resultado do teste é exibido graficamente, para facilitar a indicação visual de qualquer problema.

NEXT

O teste de NEXT (Paradiafonia no lado local) mede a paradiafonia (Interferência) nos lados local e remoto em um autoteste. Níveis altos de paradiafonia podem corromper dados e causar retransmissões excessivas, e outros problemas que diminuem a velocidade do sistema de rede.

As medições de NEXT são feitas em cada terminação do cabo para todas as combinações de pares remetendo um total de doze medições. A Paradiafonia é normalmente causada por conectorizações mal feitas nas extremidades do cabo. Quanto menor o número, maior a paradiafonia.

 

Perda de Retorno

Mede a relação entre a potência dos sinais transmitidos e refletidos. Um cabo de boa qualidade terá pouca reflexão de sinal, indicando boas combinações de impedância ao longo dos diversos componentes do segmento.

Como a atenuação, a perda de retorno excessiva reduz a potência do sinal na ponta de recepção. Ela também indica uma má combinação de impedância em algum ponto ao longo do segmento.

Um valor igual ou superior a 20db indica um bom cabo de par trançado. Um valor igual ou inferior a 10db é muito ruim, e causa uma grande reflexão de sinal de volta para a origem.

PS ACR-F

Mede os efeitos da paradiafonia da tranmissão de três pares sobre o quarto par no mesmo cabo.

Durante o teste de PS ACR-F, são feitas doze medições no lado do cabo da unidade principal e combinadas para um total de quatro medições.

PS ACR-N

As medições de PS ACR-N são calculadas somando-se o NEXT entre um par específico e os outros três pares do mesmo cabo.

A obtenção de uma grande diferença é desejável, uma vez que isto indica um sinal forte e pouca interferência por ruído.

ACR-N

O teste de ACR-N (Attenuation-to-Crosstalk Ratio, ou Relação Atenuação-Paradiafonia) faz uma comparação matemática (cálculo da diferença) entre os resultados dos testes de atenuação e NEXT.

A leitura da diferença entre cada par indica quão livre de problemas o par do cabo está para as transmissões.

A obtenção de uma grande diferença é desejável, uma vez que isto indica um sinal forte e pouca interferência por ruído.

ACR-F

O teste de ACR-F (Equal level Far-End Crosstalk) mede a paradiafonia na ponta remota do cabo em um autoteste.

Níveis altos de paradiafonia podem corromper dados e causar retransmissões excessivas e outros problemas que diminuem a velocidade do sistema de rede.

O teste de ACR-F é similar ao teste de NEXT, exceto pelo fato do tráfego ser gerado na unidade remota e a diafonia (crosstalk) ser medida na unidade principal.

A diafonia é normalmente causada por conectorizações mal feitas nas extremidades do cabo. Quanto menor o número, maior a diafonia.

PS-NEXT

Mede os efeitos da Paradiafonia da transmissão de três pares sobre o quarto par do mesmo cabo.

Durante o teste de PS NEXT, são feitas seis medições em cada terminação do cabo e combinadas para um total de oito medições.

PERDA DE INSERÇÃO

Mede a perda absoluta de potência do sinal no cabo e verifica se está dentro dos limites aceitáveis.

Uma baixa atenuação é essencial para transmissões livre de erros. A atenuação é medida injetando-se um sinal de amplitude conhecida pela unidade remota e lendo-se a amplitude na unidade principal.

A atenuação causa uma perda de potência do sinal através do cabo. A perda aumenta com o comprimento do cabo, a frequencia do sinal e a temperatura. Os testes de atenuação podem ser usados para encontrar problemas no cabo, nos conectores ou no hardware de conexão. Quanto maior o número, maior a atenuação.

RESUMO

Oferece de modo rápido e visual a situação de aprovação do referido ponto.